Aplicativos serão capazes de desbancar os sites?




Desde 2015 o número de acessos à internet através de celulares ultrapassou o número de usuários em computadores e notebooks, segundo uma pesquisa realizada pelo Google – é possível observar uma mudança de costumes dos usuários.

Pode-se dizer que os aplicativos para Android e IOS, em breve, tornarão os sites ultrapassados. A maior parte das empresas telefônicas já revelam esta mudança do mercado. Poucas pessoas ainda fazem ligações telefônicas ou utilizam o sistema 3g para navegar em sites pesados.

Aplicativos como o WhatsApp, Snapchat, Uber, serviços de delivery como o ifood, bancos como o Banco do Brasil, tem mais acesso e usuários do que os que utilizam os sites e até mesmo o telefone destas empresas. Algumas empresas já não se preocupam em manter os sites, apostam principalmente nos apps.

Aproximadamente 85% dos usuários preferem comprar via aplicativos segundo uma pesquisa feita pela consultoria inglesa Compuware. As principais razões para isso foram a rapidez, conveniência e facilidade de navegação, em relação aos browsers. Este estudo foi realizado com cerca de 3.500 pessoas, em 6 diferentes países: Estados Unidos, Alemanha, França, Índia, Reino Unido e Japão.

Grandes investimentos precisam ser estudados com precisão e as pesquisas de avanços tecnológicos que avaliam o mercado são fundamentais para um empresário atingir o máximo de receita em seu negócio. De acordo com um estudo realizado pela Coupofy, as compras via app cresce 300% mais rápido do que as compras via internet.

Empresas como a Walmart, no Brasil, também já analisou essa mudança do mercado, mas prefere se manter cautelosa e trabalhar com ambas as opções, para tentar atender uma fatia maior do mercado de consumidores. O Magazine Luiza também resolveu não arriscar totalmente, mesmo seu aplicativo já se mostrou um sucesso de mercado. Portanto, podemos dizer que um dos investimentos certeiros é o mobile commerce.

Conheça a Fluid Objects: www.fluidobjects.com.br

Baixe nosso e-book e entenda por que sua empresa deve mudar para o mobile.

Veja também: Internet das coisas (IoT)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como adequar a empresa à implantação de software de gestão

Aplicativos corporativos personalizados: entenda o custo-benefício

Internet das Coisas: você está preparado?