Detalhes importantes na hora de fazer a transição de desenvolvedor do app.

Algumas pessoas ficam muito interessadas quando surgem novos desenvolvedores de aplicativos, porém ficam em dúvida se realmente valeria a pena todo o trabalho para fazer a troca entre plataformas, para que não arrisquem de perder todo o trabalho feito até então. Principalmente para empresas que tem mais de um app rodando em uma mesma plataforma, só de pensar na possibilidade de fazer esta troca já se sentem transtornados.

Quando trocamos de desenvolvedor de aplicativo, não há outra opção se não criar o app do zero. Porém, lançar um aplicativo novo, após tanto tempo de trabalho dedicado para construí lo pode ser um trabalho difícil. Você perderia todos seus usuários para poder lançar um aplicativo totalmente novo nas lojas, mas com algumas informações básicas, isso seria facilmente resolvido.

No Android

Para que seus usuários não precisem passar pelo transtorno de baixar seu app novamente, você pode solicitar para seu desenvolvedor o Keystore, que seria um arquivo onde contém todas as informações para que você possa reconstruir seu aplicativo em outra plataforma e lança lo como uma atualização para seus usuários.

Alguns desenvolvedores se negam a liberar o arquivo Keystore, caso isso aconteça você terá que desenvolver um aplicativo totalmente novo, e lançá lo novamente para todos seus usuários. E além do Keystore você precisará também do Package Name (Nome de identificação no google play) e o Número da Versão, encontrados na sua conta do google play.


No IOS
Você não precisará de todas essas informações, desde que você tenha criado o app na sua própria conta IOS (não na conta de seu antigo desenvolvedor).Você só precisará do seu ID Apple e o número de versão do app, essas informações você encontra na guia de informações do app da sua conta itunes connect.

Quando você substituir seu app antigo nas lojas, a única coisa que seus usuários precisarão fazer é atualizar a versão em seu dispositivo, assim como é feito sempre que há uma nova atualização de software ou no app. Assim um alerta será enviado para cada usuário para que atualize seu aplicativo.

Para que não diminua o envolvimento dos seus usuários com seu aplicativo, indicamos que você desenvolva seu novo projeto em modo teste antes de cancelar seu vínculo com seu antigo desenvolvedor, para que você possa  fazer a troca de plataforma de uma forma rápida e sem nenhum incômodo com seus usuários.

Se você já está em processo de transição de aplicativos, tente não somente fazer a troca de plataformas, mas tente também lançar um app inovador, com novo design, novas funções e que desperte uma nova experiência para seus usuários, deixando-os assim mais interessados em seu app.

Conheça a Fluid Objects: www.fluidobjects.com.br

Baixe nosso e-book e entenda por que sua empresa deve mudar para o mobile.

Veja também: Retrospectiva Tecnológica de 2016


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como adequar a empresa à implantação de software de gestão

Aplicativos corporativos personalizados: entenda o custo-benefício

Internet das Coisas: você está preparado?